O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Em: 18 de setembro de 2019

Programação do setembro Amarelo em Itajá reforça a importância da prevenção ao suicídio.

A secretaria municipal de saúde, realizou ontem terça-feira (17), com a Psicóloga Micaele Daline, a programação do “Setembro Amarelo”, desta vez, na Escola Municipal Libânia Lopes Pessoa. A campanha “setembro Amarelo” foi criado em 2015 no Brasil, pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Segundo a psicóloga Micaele Daline, o suicídio é a segunda maior causa de mortes entre pessoas de 15 a 35 anos e, para ela, a primeira medida preventiva da campanha é a educação. “É preciso perder o medo de se falar sobre o assunto. O caminho é quebrar tabus e compartilhar informações. Esclarecer, conscientizar, estimular o diálogo e abrir espaço para campanhas como essa, contribui para tirar o assunto da invisibilidade e, assim, mudar a realidade”. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), que estima que nove a cada 10 mortes por suicídio poderiam ser evitadas, destaca a prevenção como fundamental para reverter essa situação, sendo a educação a primeira medida preventiva que deve ser tomada pelos órgãos públicos de saúde.